Qual o seu modelo de negócios?

Agora que você já conheceu o processo de abertura de uma MEI, está na hora de pensar no seu modelo de negócios.

Sua loja será online ou estará em um ponto de vendas (PDV)?

Independente de qual modelo de negócios você irá decidir, o primeiro passo para pensar é a ORGANIZAÇÃO. Crie um bom planejamento incluindo:

– Quanto você pode investir;

– Para quem você pretende vender (quem é o seu público-alvo);

– Qual grade de produtos você terá;

Agora está na hora de definir qual modelo de negócios faz mais sentido para você, baseado em seu modelo de planejamento. Confira abaixo:

Loja física

Se você decidiu montar uma loja física é necessário pensar em alguns pontos como:

Localização

Com certeza esse é um dos pontos que mais influenciam no faturamento do seu negócio, é importante analisar o fluxo de pessoas naquele local, quais os horários de maior movimento, qual condição financeira dos grupos que frequentam a região, e etc. A ideia de listar esses pontos antes de definir a localização do seu negócio é alinhar com as informações incluídas em seu planejamento.

Preço

A linha de produtos e os preços estão alinhados com o público que acessa a região que você está planejando abrir a sua loja?

Nem sempre faz sentido abrir uma loja com produtos populares, por exemplo de revenda por R$10,00, em um bairro majoritariamente acessado por pessoas com condições financeiras mais altas. É necessário pensar se aquele público irá consumir ou já consome os produtos que você estará vendendo em sua loja.

Produtos

Pensar em que você vende também é um fator importante, entender quais linhas de produtos são as mais atuais, quais as tendências do mercado e quais as tendências de consumo daquela época e/ou região. Como fazer isso? Pela internet! As redes sociais podem te ajudar muito a traçar as tendências e até entender os interesses do seu público no momento. Também é válido sempre seguir a página das marcas que você trabalha para se inteirar sobre os lançamentos. Tudo isso irá te ajudar a encontrar os produtos certos para não investir em produtos que podem não vender.

Como promover seu PDV

A promoção em um ponto de vendas se dá, em sua grande parte, pelo visual. É importante cativar o cliente logo na entrada de sua loja com um visual limpo e que seja agradável e aconchegante para o cliente.

O atendimento também sempre é importante e faz parte do processo de cativar o cliente, quantas vezes você já voltou em uma loja ou até mesmo fechou a compra por conta do atendimento? É isso que você precisa ter em mente para a usa loja.

Pensando em divulgação vale a pena considerar o marketing clássico como entrega de materiais impressos, banners, outdoors. Além disso a mídia online é muito rentável, cheia de possibilidades de customização de público e, por muitas vezes, mais barata. Vale a pena investir em postagens patrocinadas no Facebook e Instagram e pensar em anunciar no Google via Google ADS. Você pode saber mais sobre anúncios patrocinados do facebook clicando aqui e anúncios do Google ADS aqui.

Entre muitas ações é necessário entender que o que irá te trazer resultados será a constância delas. É importante entender que não irá funcionar trabalhar uma ação de divulgação isolada, sem preparar os funcionários, sem preparar seu estoque ou, até mesmo, a sua loja.

Loja Online

Se você optou por abrir uma loja online também é importante pensar em alguns pontos semelhante com os da loja física, com algumas adaptações para o ambiente online:

Venda seus produtos

Vale a pena, antes de tudo, organizar por onde você irá fazer a venda de seus produtos, se será apenas por whatsapp e redes sociais, se você terá um site.

Caso você esteja pensando em montar um site nós indicamos a Loja Integrada, lá você tem plano grátis em lojas com cadastros de até 50 produtos, integrações com várias formas de pagamentos, com o Correios e transportadoras, além de conseguir se conectar de forma fácil a ferramentas como Google Analytics, Google ADS, Facebook ADS e Catálogo de produtos.

Por quanto você pode vender?

A precificação de produtos na internet pode ser considerada um pouco diferente, afinal, a comparação com preço de outras empresas se torna muito mais fácil ao cliente, por isso, vale a pena fazer uma pesquisa para entender por quanto os produtos estão sendo vendidos em outras lojas antes de fechar o valor que você irá revender.

Ter preços competitivos é importante principalmente para funcionar como uma forma inicial de fidelização.

O que você irá vender?

É hora de definir quais produtos você irá vender, quais linhas de produtos você terá. Depois que você entende a média da sua precificação fica mais fácil para você entender quais produtos são ou não viáveis de entrarem em seu catálogo (ou site). Além disso, é aqui que você identifica o quanto pode gastar para investir em seus produtos.

Quais as embalagens ideias

Como estamos falando de um ecommerce é importantíssimo pensarmos na forma de transporte desses produtos, se serão enviados em caixas de papelão, em sacos plásticos, embalados em plástico bolha e etc. Aqui você irá pesquisar o quanto custa cada embalagem e entender qual a que faz mais sentido para o valor do seu produto.

Como promover meus produtos?

Aqui precisamos focar em ações online para venda, então além de postagens constantes nas redes sociais, mandar promoções via whatsapp, entrar em contato com clientes que não compram a determinado período, é importante considerar postagens patrocinadas, anúncios no google e também parcerias com influenciadores ou pessoas que se destacam nas redes. A ideia aqui é desenvolver o nome da sua loja e trazer mais clientes para ela.

Agora que você já escolheu o seu modelo de negócios, entre loja online ou loja física, vamos a algumas dicas para aumentar as suas vendas:

Uma dúvida muito comum é como crescer após a loja já estar montada, como conseguir mais clientes e em que pontos melhorar. Separamos algumas dicas para você aumentar o seu ticket médio e melhorar suas vendas

Pode não parecer, mas uma loja organizada ou um site bem distribuído muda a forma do cliente comprar, por isso, pense em como organizar e distribuir seus produtos. Seja de forma física com prateleiras ou de forma online com um layout chamativo e organizado para o seu site.
– Se você possui funcionários crie um sistema de atendimento, vendas e até de pós-venda padrão, com perguntas ideais, forma de falar e de reagir ao cliente para que o atendimento seja sempre o mesmo independente de quem falar com o cliente.
– Crie em sua loja ou em seu site pontos com produtos de destaque, por exemplo, produtos de valores mais baixos para serem incluídos no pedido que o cliente está realizando. Normalmente esses produtos ficam no caixa da sua loja física ou até mesmo em um poup-up do seu site antes da pessoa finalizar o pedido.
– Tente trabalhar com processos otimizados – Contratar um sistema que organiza seu estoque e que gerencia o cadastro de seus clientes pode ser uma boa ideia. Uma empresa organizada tem um controle maior dos gastos e também resolve problemas de uma forma mais objetiva e prática.
– Crie programas de fidelidade onde um cliente comprando um determinado número de vezes recebe um cupom de desconto ou até mesmo um programa de indicação, onde o cliente indica alguém para sai loja e recebe desconto ou brinde.
– Faça pesquisa com seus clientes – é muito importante ler e entender os pontos de melhora que os seus clientes indicam para você, isso ajuda você a entender o que eles esperam da sua loja e também ajuda você a melhorar seus processos.

Agora fica bem mais fácil de você desenvolver o seu modelo de negócios ideal!

E ai, está gostando da nossa série de posts? Não perca que essa semana ainda tem muito mais conteúdo para você! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *